Marcos Pontes anuncia pedido de testes para nova vacina brasileira

0
Ontem (26) o Ministro da Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes anunciou a Versamune, uma nova vacina brasileira contra o coronavirus. Segundo ele,  já foi enviado um pedido à Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária – para a aprovação do início dos testes da Versamune.
A Versamune está em um dos 15 protocolos de pesquisas de uma nova vacina contra o novo coronavírus que são apoiadas pelo Governo Federal. O ministro da Ciência e Tecnologia destaca que o imunizante pendente de autorização da Anvisa é o que está em um estágio mais avançado nos estudos: “Três dessas vacinas avançaram nos pré-testes e agora elas estão entrando na fase dos testes clínicos. (…) Uma dessas vacinas já tem o protocolo registrado na Anvisa para testes clínicos.”
A Versamune – registrada como Versamune®️-CoV-2FC – é desenvolvida pela empresa brasileira Farmacore Biotecnologia e pela estadunidense PDS Biotechnology Corporation, em parceria com a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP).

O imunizante utiliza a tecnologia da “proteína recombinante”, na qual os pesquisadores cultivam réplicas inofensivas da proteína que o novo coronavírus utiliza para entrar nas células do corpo. Após ser extraído e purificado, o material é embalado em nanopartículas, desenvolvidas pela PDS Biotech, do tamanho do mesmo tamanho do vírus.

“Nossa estimativa, a depender do fabricante e de como transcorrerem os estudos da fase 3, é ter capacidade de produzir 400 milhões de doses por ano, com foco em atender a demanda nacional. Se houver sobra e capacidade de expansão da produção, futuramente pensaremos em exportação para a América Latina e outros mercados”, informou a CEO da Farmacore, Helena Faccioli.
Ela espera que entre janeiro e fevereiro de 2022 a Anvisa já esteja analisando um pedido de uso emergencial da vacina. Se for aprovado, a distribuição pode ser feita imediatamente.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here