Você conhece as vantagens da construção Monolítica?

0

O isopor é a base para esse modelo de construção

A construção civil tem papel fundamental no desenvolvimento do país, no entanto, não se pode deixar de lado os impactos ambientais, como consumo de recursos naturais para a produção dos insumos, mudanças de solo, grande geração de resíduos, entre outros. Ao longo dos anos algumas alternativas sustentáveis vêm ganhando força no mercado e uma das que despontam como forte tendência é a construção com painéis de EPS.

Os painéis  são de poliestireno expandido (EPS). Talvez esse não seja um nome familiar para você, mas esse material é conhecido popularmente como isopor! Isso mesmo, as casas feitas de isopor estão em alta!

O painel é feito de isopor sobreposto por malhas de aço leve de alta resistência, revestida com 04 cm de argamassa armada. O termo “monolítico” está relacionado à monólito, que é uma estrutura constituída por um só bloco de pedra ou rocha, neste caso de isopor, malha de aço e argamassa.

Em São José dos Campos, a primeira casa nesse modelo está em construção em um condomínio do Urbanova. A obra está sendo desenvolvida pela GPG Engenharia, coordenada pelo chileno Daniel Sanchez Peña, que escolheu a cidade para consolidar sua empresa. A GPG Construção Sustentável, atua tanto na construção dos painéis para suas obras, como na venda de painéis monolíticos para outras construtoras.

Outro diferencial da empresa é a equipe especializada para trabalhar com esse novo sistema que requer o uso de outros softwares e técnicas de cálculos diferentes de uma construção tradicional.

5 motivos para você conhecer a construção com painéis monolíticos

Impacto ambiental: os impactos ambientais de uma construção nesse modelo são menores em função da menor geração de resíduos, baixa contaminação de solo, água e ar, economia de água na execução; e por ser composto de material 100% reciclável.

Isolamento térmico e acústico: O material apresenta bons resultados como isolante térmico e acústico, com uma redução de ate 40% do calor externo e 64 decibéis a menos na acústica.

Redução de custo: A obra com painéis de EPS custa, em média, 20% a menos do que a construção tradicional.

Tempo de obra reduzido:  Segundo Daniel Sanchez Peña, proprietário da GPG uma obra em alvenaria de 400 m2 demoraria, em média, 1 ano e 4 meses. No sistema monolítico o tempo de construção seria de, no máximo, 7 meses.

Segurança:  Os painéis permitem que instalações hidráulicas, elétricas e outras sejam feitas normalmente. “Você pode pendurar o que quiser. Ele suporta até mais do que uma parede convencional”, informou Sanchez.  Esse modelo de construção atende as exigências normativas da construção civil.

Curiosidade: A construção monolítica surgiu na Itália e, foi uma solução encontrada para ter uma estrutura mais resistente a terremotos e que proporcionasse isolamento térmico e acústico. Lá, a capacidade de construção com painéis monolíticos pode chegar até 5 pavimentos, mas no Brasil, por enquanto, recomenda-se utilizar esse material para até 2 pavimentos.

 GPG Construção Sustentável

https://gpgconstrucao.com.br/

(11) 95052-2137

E-mail:

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here