Retrospectiva Urbanova 2021

0

Preparamos um especial com as principais notícias sobre o bairro publicadas no ano de 2021. Confira abaixo:

Fase vermelha

O ano começou com a região classificada na Fase Vermelha do Plano São Paulo, somente com o funcionamento dos serviços essenciais. O comércio do bairro se transformou e se adaptou para atender os clientes pelo serviço de delivery. Aqui na revista relacionamos os telefones dos comércios que estavam realizando entregas como forma de apoio.

Segurança

O bairro, que só tinha uma câmera de segurança na Praça Fukuoka, agora tem câmeras instaladas em 7 pontos. As novas câmeras integram o programa Cidade Inteligente, que conta com 1000 câmeras com inteligência e reconhecimento facial com imagens monitoradas pelo CSI (Centro de Segurança Integrada) da Prefeitura Municipal de São José dos Campos.

Fluxo

Um grupo de sete associações de moradores do bairro Urbanova, assinou convênio com a Prefeitura de São José dos Campos para contratação da Atividade Complementar da GCM (Guarda Civil Municipal) com o objetivo de prevenir a realização de fluxos do funk e festas com aglomerações nas ruas do bairro.

A Atividade Complementar  consiste na contratação de agentes municipais para garantia da segurança em espaços privados. Os guardas prestam este serviço durante seus horários de folga com respaldo operacional e jurídico, a exemplo do que já acontece com os policiais militares na Atividade Delegada.

Já no primeiro mês da parceria, os atendimentos a ocorrências referentes à perturbação do sossego público e aglomerações no bairro tiveram redução de 82%. O ano termina sem reclamações de perturbação de sossego nas regiões antes afetadas pelo fluxo.

Placas Antifluxo

A Secretaria de Mobilidade Urbana instalou de Placas indicando a proibição de estacionamento das 22h às 6h nos principais pontos de fluxo do Urbanova. A diferença das novas placas é que, além do horário, elas foram identificadas com a palavra ANTIFLUXO.

Manutenção

Após o registro de frequentes alagamentos na rotatória de acesso ao Urbanova, a Prefeitura realizou asubstituição de uma tubulação que estava parcialmente obstruída por raízes de árvores. Após a execução do serviço, o problema da vazão da água foi resolvido.

(Março 2021)

Depois de 6 anos, trecho da Avenida Ironman Victor Garrido onde desabou o muro foi liberado

A Prefeitura de São José dos Campos retirou no mês de março as estacas que protegiam a região onde o muro do Altos da Serra I desabou há mais de 6 anos, na Avenida Ironman Victor Garrido.

Os processos continuam na justiça, sem previsão de serem concluídos, mas, um desdobramento fez que a Associação dos Proprietários do Altos da Serra I se antecipasse e realizasse a reconstrução do muro. A associação perdeu em 2ª instância uma ação movida pela Prefeitura e, apesar de ainda existir muito a ser resolvido, a associação optou por executar a obra, que foi concluída nesta semana.  A associação informou que o muro foi reconstruído sobre o baldrame (fundação) original que não tinha sofrido nenhum dano.

Segundo a Associação dos Proprietários do Altos da Serra I, uma parte do muro que não foi reconstruída continuará assim até o desfecho dos processos na justiça. “No início da obra com a remoção do entulho, constatamos um fato completamente novo: a construção na área onde não realizamos a reconstrução está solidária a estrutura do muro do lote 1.8, avança sobre o alinhamento original do muro do Residencial em aproximadamente 15 cm. Além disso o muro do lote 1.8 também avança sobre o alinhamento”, explicou a associação.

Solidariedade

Durante todo o ano, publicamos na Revista Urbanova ações solidárias de arrecadação de alimentos e ajuda aos necessitados. A comunidade se uniu em diversas iniciativas e mostrou que a união de esforços promove resultados surpreendentes.

Furtos

4 comércios do bairro registraram furtos durante o ano e 1 assalto a mão armada.

Censo

A Revista Urbanova realizou um censo parcial do bairro Urbanova, em uma ação inédita que apresentou números referentes a região que mais se expande em São José dos Campos. A população do bairro cresceu em pelo menos 130% nos últimos 10 anos.

Hoje, o Urbanova tem cerca de 4.945 residências ocupadas, o que representa, em média 16.318 moradores, considerando o mesmo parâmetro utilizado pelo IBGE de 3,3 moradores por residência. A pesquisa completa está disponível em nosso site.

Ciclismo

Em 2021 o bairro se consolidou como o local preferido por praticantes de ciclismo, corrida e outras atividades ao ar livre.

A Prefeitura instalou na Avenida Possidônio José de Freitas, no Urbanova placas educativas que orientam os ciclistas a se manterem na faixa da direita e para os motoristas respeitarem os ciclistas se mantendo, preferencialmente, a esquerda.

Como ponto negativo podemos mencionar os assaltos a ciclistas em nosso bairro. Algumas medidas foram implementadas pela Prefeitura como melhorias na iluminação e aumento do policiamento.

Acidentes

Muitos acidentes de trânsito aconteceram nas vias do bairro ao longo de 2021, geralmente causados pelo excesso de velocidade. Os locais de maior incidência são Avenida Possidônio José de Freitas, Shishima Hifumi e Lineu de Moura.

Trânsito

O retorno das aulas presenciais as reclamações sobre o trânsito aumentaram. Sair do bairro nos horários de pico se tornou uma tarefa difícil. Entrevistamos o Secretário de Mobilidade Urbana de São José dos Campos sobre o assunto e, apesar de existirem alguns projetos de melhoria, ainda não há nada concreto sobre a construção de um novo acesso.

Hospital Veterinário

São José dos Campos passou a contar com um Hospital Público Veterinário, viabilizado por meio de um convênio entre a Prefeitura e a Univap (Universidade do Vale do Paraíba) para atender pets de tutores em situação de vulnerabilidade social (renda per capta de até 1/4 do salário mínimo) e sob a responsabilidade de protetores de animais de organizações e/ou não-governamentais. Para essas instituições será destinado no mínimo 10% das vagas totais para atendimento dos animais.

O hospital público veterinário funciona das 8h às 17h no Campus Urbanova da Univap, onde já funciona o hospital escola da universidade. Para agendar, é necessário ligar na central sempre às segundas-feiras, a partir das 8h.

Altos da Serra VII

O loteamento classificado como “Altos da Serra VII” fica ao lado do Parque Ribeirão Vermelho, na Avenida Maria de Lourdes Friggi. A área não chegou a ser explorada comercialmente e se tornou um problema para os condomínios vizinhos. A prática de manobras com motos durante o dia e madrugada incomodava a vizinhança, além de ser um local isolado e sem movimentação, o que favorecia o consumo de drogas.

No mês de setembro a Stemmi Empreendimentos adquiriu o loteamento e começou a trabalhar no local. O condomínio Jardins das Nações terá 88 lotes de alto padrão e deve movimentar o mercado imobiliário pela característica do empreendimento,  boa localização e por ser um condomínio totalmente plano.

Evento

No mês de outubro aconteceu no Urbanova o Passeio Solidário promovido pela Revista Urbanova e Colégio Solare. A ação solidária foi realizada em prol do GAIA (Grupo de Apoio ao Indivíduo com Autismo), que está construindo sua nova sede no bairro e teve o patrocínio de mais de 20 empresas. O resultado foi uma doação de R$ 18.000,00 para a instituição.

Expansão comercial

A Revista Urbanova realizou uma atualização do levantamento realizado em outubro de 2020 dos estabelecimentos comerciais do Urbanova, considerando o início do bairro na Av. Lineu de Moura, em frente ao Clube Thermas do Vale. Foram catalogados os comércios ativos, com placas de identificação. No período de um ano, 30 novos comércios abriram as portas no bairro e 10 fecharam. Na pesquisa, não foram contabilizados os comércios internos da Univap (Universidade do Vale do Paraiba) e as empresas do Parque Tecnológico Univap.

Manutenção da ponte

A Prefeitura deu início no mês de novembro ao trabalho de manutenção da cabeceira da ponte Flaminio Vaz, no Urbanova.  A previsão é que o serviço seja concluído até o dia 17 de janeiro de 2022.

“A contratação prevê a realização de reparos no viaduto para garantia da durabilidade. Será feita a recuperação pontual dos aterros nas cabeceiras do viaduto além de reparo das juntas do pavimento e das muretas”, informou a Prefeitura.

Sobre o trânsito, a Secretaria de Mobilidade Urbana informou que “não há previsão de interdição total da via, apenas interdições temporárias e parciais para movimentação de maquinários e equipamentos da obra se necessário”.

Todas as matérias estão disponíveis em nosso site. www.revistaurbanova.com.br

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here