São José terá 11 representantes nos Jogos Paralímpicos de Tóquio

0
Foto: Divulgação

O esporte joseense terá  11 representantes nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, que começam no dia 24 de agosto. São nove atletas, guia e um integrante de comissão técnica, todos membros do Instituto Athlon.

O professor Zezinho Guardia será um dos representantes. Ele foi convocado para integrar à seleção brasileira de bocha paralímpica. Guardia atua em São José no desenvolvimento da bocha paralímpica, da iniciação ao alto rendimento, além de integrar a seleção brasileira desde 2018.

Em Tóquio, ele integrará a equipe de análise de desempenho do Brasil e também estará em quadra como assistente esportivo do atleta Guilherme Germano, da Classe BC1.

“Estou muito feliz com a convocação, é a realização de um grande sonho profissional estar com a seleção nos Jogos Paralímpicos, e a concretização de um trabalho árduo durante esses anos ao lado de todos os companheiros da seleção”, disse Guardia.

Segundo ele, por de ter participado das principais competições durante a maior parte desse ciclo, se sente preparado para estar em Tóquio e desempenhar um grande trabalho com todos. “Quero poder ajudar para que os atletas rendam o melhor e conquistem as medalhas que tanto esperamos”, completou.

Guardia é coordenador técnico da equipe de São José dos Campos (APPD – Associação das Pessoas Portadoras de Deficiência de São José dos Campos) e professor da Secretaria de Esporte e Qualidade de Vida nas escolinhas de iniciação da bocha adaptada.

 

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here